Conecte com a gente!

Colunista: Henrique Pajares

Secretária explica como é o procedimento para realizar testes de coronavírus

Capivari do Sul é um dos três municípios do Litoral que ainda não confirmaram casos da doença

Publicado

em

Conversei esta semana com a secretária de Saúde de Capivari do Sul, Cristina Braga, na qual explicou como funciona o procedimento para a realização de testes para o coronavírus. Segundo Cristina, conforme uma nova normativa do Ministério da Saúde, somente após 12 dias de monitoramento o paciente poderá ser testado. Este protocolo é seguido quando houver sintomas leves gripais, casos assintomáticos ou se a pessoa teve contato com um positivado. Neste período, se haver necessidade de auxílio médico com o agravamento dos sintomas, a secretaria fará o teste de laboratório PCR.

Conforme o último boletim epidemiológico divulgado no fim desta sexta-feira, 12, quatro pessoas foram testadas, todas com resultados negativos. Outros dois casos estão sendo monitorados e um está com síndrome gripal. No total, 17 casos já foram descartados.

Capivari do Sul é um dos três municípios do Litoral Norte que ainda não tiveram casos confirmados de coronavírus. Tavares e Mampituba completam a lista. A secretária ainda informou que a pasta está preparando um material esclarecedor sobre o assunto que será divulgado em breve.

Barreiras sanitárias

Iniciou na quarta-feira, dia 10, as barreiras sanitárias em diversos acessos à municípios do Litoral Norte. Na ação, a equipe médica realiza a aferição da temperatura corporal dos motoristas e passageiros. A febre é um dos principais sintomas do coronavírus. Até aí tudo bem, mas eu fico pensando como uma pessoa com febre pode sair por aí passeando e transitando normalmente, sem que nada tivesse acontecido. Será que essa pessoa não sente que está com febre e que há algo de errado? Pode ser que não seja especificamente o coronavírus, mas ela não deve estar 100% com sua saúde já que está apresentando febre.
Em Tramandaí, por exemplo, a barreira sanitária montada junto a Polícia Rodoviária Estadual identificou três pessoas com temperatura acima dos 37,8 ºC. Em Imbé, um idoso de 69 anos apresentou febre e outros sintomas. Ou seja, a irresponsabilidade destes em sair de casa com sintomas é inadmissível.

MDB de Palmares do Sul

Nesta semana, o MDB de Palmares do Sul divulgou uma nota à imprensa falando sobre as ações e a importância de manter a harmonia com a população neste momento. Confira abaixo.

“Com representatividade nos mais diversos setores da sociedade palmarense, o MDB também se engaja nas ações de enfrentamento ao Covid-19 em Palmares do Sul. Através do prefeito Mauricio Muniz, secretários municipais, vereadores e filiados integrantes dos demais grupos sociais, o partido reforça a necessidade da manutenção das ações de prevenção e a harmonia da população.

Da mesma forma, vem recebendo apoio total dos deputados federais da legenda com emendas parlamentares, e estaduais, como o deputado Gabriel Souza, representante da região no Legislativo estadual; bem como o apoio da Coordenadoria Regional do Litoral Norte na articulação das demais situações.

“Nosso partido preza também pelas questões sociais. Mais que uma sigla política, levantamos também a bandeira dos cuidados com as pessoas. E neste momento, a preocupação maior é com a pandemia. Palmares do Sul segue muito bem, com apenas um caso, e um monitoramento contante e atuante por parte da Vigilância Sanitária. Porém, ressaltamos a importância de fazer a higienização das mãos com frequência, usar máscara sempre que sair de casa, manter distância de pessoa para pessoa, sair somente para o necessário e ser solidário com o próximo. Estamos ao lado da sociedade, sempre abertos e dispostos, como aliados, especialmente através do prefeito Mauricio Muniz, com o objetivo de proporcionar sempre o melhor pelo nosso município”, detalha a presidente do diretório municipal do MDB, vereadora Vania Moraes”.



Copyright © 2021 Jornal Integração.