Conecte com a gente!

Capivari do Sul

4ª Trilha de Capivari do Sul foi um sucesso

Publicado

em

Sedentos por adrenalina, os amantes do off road de Capivari do Sul e região mataram a saudade de uma trilha e um evento de primeira linha. A 4ª Trilha de Capivari, organizada pelo Jeep Club Só No Olho do Furacão, movimentou a cidade na sexta e sábado, 24 e 25 de junho, reunindo milhares de pessoas no Parque de Eventos Abrahão Nunes.

A programação iniciou na sexta-feira com shows, sorteio de brindes e o delicioso costelão oferecido pela organização aos participantes. “Ficamos bastante surpresos com os comentários positivos que tivemos do evento, os elogios que recebemos. Outro fator que nos surpreendeu positivamente foi a presença do público de Capivari na sexta-feira durante os shows, onde mais de mil pessoas estiveram no pavilhão de eventos. Isso mostra que a comunidade vem abraçando esse evento a cada ano, e isso é a base para continuarmos crescendo. Mais um fator que nos rendeu elogios foi o sorteio de brindes para aqueles que fizeram sua inscrição na sexta-feira, onde participantes de diversas cidades foram premiados”, disse Oscar Bueno, integrante do Jeep Club.

Bueno comentou também que o número de participantes foi exatamente dentro da expectativa esperada pelo grupo. “O clima durante a semana pode ter assustado um pouco o pessoal, já que choveu por vários dias, além do frio. Esse fator pode ter afastado quem pretendia ter vindo para acampar com a família. Mas o sábado, dia da trilha, apesar do frio não choveu, e isso contribuiu para o sucesso do evento. Após dois anos sem realizarmos a trilha, ficamos muito satisfeitos com a participação dos trilheiros. O público foi o que esperávamos”, relatou.

A estrutura oferecida aos participantes, organização, receptividade, o apoio dos setores públicos e privados, além do percurso da trilha, são fatores, segundo Oscar, que irão fazer a trilha de Capivari do Sul crescer a cada edição. “Com certeza estamos no caminho certo para transformar esse evento em um dos maiores do Estado. Apesar de todos esses pontos positivos, uma das dificuldades que encontramos e que poderemos encontrar futuramente é a mudança das culturas da região. Antigamente era só arroz, e no inverno tínhamos bastante áreas para andar de jeep. Agora com o ingresso da cultura da soja, nós estamos encontrando dificuldades para ter campos aptos para fazer a trilha, pois a soja é uma cultura em que a área fica pronta de um ano para o outro. Mas fora esse fator, a tendência é que o evento evolua a cada ano”, disse.

Por fim, o Jeep Club Só No Olho do Furacão agradece a todos os colaboradores. “Agradecemos a todos, em especial aos proprietários dos campos Paulo Lagoa, Amauri e Marco, Leandro Boeira, Evilazio e Eduardo, Isabel Cristina, Elenita e Ana Paula Bueno, Everaldo Famer, Francisco Famer, Marcelo Famer, Fernando Famer, Monica Famer, Justino Conceição da Silva e Elizete Vargas. Agradecemos também a prefeitura municipal, pois sem esse apoio não conseguiríamos realizar o evento. Lembramos também que parte do lucro iremos doar ao Hospital São José. Estamos fechando toda a contabilidade e em breve vamos divulgar essa ação”, finalizou Oscar.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Copyright © 2021 Jornal Integração.