Conecte com a gente!

Eleições 2020

“Nosso maior interesse é organizar o município para crescer”

Henrique Pajares

Publicado

em

Entrevista Afonso Praça Baptista – Candidato a prefeito em Palmares do Sul pelo PP

Afonso Praça Baptista é nascido em Palmares do Sul/RS há 35 anos, filho do Capuchinho e da Zuca, irmão da Heloisa e pai do Zé. É Tataraneto de Virgílio José Bernardes, que em 1902 doou terras para a construção da Igreja Católica e povoamento do vilarejo, hoje centro de Palmares do Sul. Atuante no âmbito da política estudantil desde o ensino fundamental até o fim da sua graduação. Advogado formado pela ULBRA, militante nas áreas de direito agrário, bancário, fundiário, empresarial e de crime empresarial, tendo sido autor do processo de Impeachment em face do Prefeito Ernesto Ortiz em 2010. Assessor Jurídico da Câmara Municipal de Palmares do Sul de setembro de 2010 a janeiro de 2013. Como advogado, teve escritórios em Tramandaí, Palmares do Sul e Novo Hamburgo e hoje atende em Porto Alegre e Palmares do Sul.

Esta é a segunda vez que você concorre a prefeito em Palmares do Sul, novamente ao lado de Regis Bauermamm, candidato a vice. O que lhe motiva para colocar seu nome a disposição da comunidade e que os Progressistas podem oferecer a Palmares?

Nosso projeto não têm rótulos. Palmares do Sul com seus distritos, possui tantas carências, que há muito trabalho a ser realizado. Com a intenção de não prometer nada material, construções, asfaltamentos sem recurso ou “aeroporto de discos voadores” para iludir o povo, apresentamos ideias de futuro. Nosso maior interesse é organizar o município para crescer. Deixar de ser a terra do “tinha” e passar a ser a terra do “vai ter”. É preciso uma gestão dinâmica, transparente, austera, organizada e com projeto embaixo do braço, para que o município “enfune suas velas” para navegar em mares mais calmos. Hoje não temos nada. Palmares é um município que sobrevive. Precisa receber mais atenção e carinho.

Quais pontos você acredita que Palmares do Sul deve melhorar?

O Progressistas, e eu próprio, temos como ideologia o liberalismo, com o enxugamento da máquina pública, a diminuição do custo de manutenção do município, o dinamismo e a modernização das ações, e principalmente cuidar das pessoas através da geração de emprego, renda e riquezas. Seremos intransigentes quanto a organização do município, mas passo a diante, organizaremos o comércio, trazendo-o como parceiro, promovendo a orientação e organicidade para seu crescimento e futura pujança. Com uma economia com base na monocultura, no varejo e por que não, na indústria, todos os problemas de carência do município serão naturalmente dissolvidos. Temos muita esperança de fazer um governo de transformação.

Saúde, educação e segurança serão os carros chefes nas propostas de governo?

Estes temas sempre são e serão prioridade em planos de governo. Não podemos esquecer que uma cidade, assim como nossas vidas, é uma obra inacabada, sempre tendo que ser construída e ajeitada. Queremos na educação nos aliarmos com os professores, para que possamos aprimorar nossas escolas em combate ao analfabetismo funcional, a evasão escolar e atividades de cunho ocupacional, com a visão de modernizar o ensino, propiciando a evolução e preparação para o nosso amanhã. Já na saúde, quero como compromisso inquebrantável de governo, fazer voltar a nascer Palmarenses, como eu e minha irmã Heloisa, em 1985 e 1991 respectivamente. Conseguir através de todos desafios e, porque não dizer, despesas, montar um centro cirúrgico para partos particulares e futuramente custeados pelo SUS, além de recomentar juntamente com a administração hospitalar, com vistas de aumento de receita, a locação das dependências hospitalares, para cirurgias particulares de pequenas e médias complexidades, para que a receita gerada possa cobrir a manutenção de demais especialidades médicas. Investir maciçamente no oferecimento, por meio da municipalidade, de exames laboratoriais, auxiliando no diagnóstico, e ter espalhados por todo o município um programa de medicina preventiva, que nos distritos, que não possuem Postos de Saúde, será feita por unidades móveis. Além disso, manter a qualquer custo os Postos de Saúde Distritais abertos, e lutar para manutenção 24 horas para o Posto de Quintão. Vamos com a segurança nos resguardar com especialistas, a aplicação de meios preventivos, sempre lembrando que esta responsabilidade é do Governo do Estado. Frente a isso precisamos forçar um maior contingente.

Quintão é uma cidade dentro de Palmares do Sul. O que pode ser feito de diferente naquela comunidade? Existe um plano de governo para os distritos?

Encaramos, Regis e eu, o município como um corpo só, não uma subdivisão de distritos. Somos todos Palmares do Sul. Primeira coisa que quero acabar, exterminar, extinguir é a rivalidade entre Quintão e a sede! Isto será feito com transparência e publicidade dos atos públicos. Depois com programas profundamente dinâmicos e motivacionais, queremos elevar nos moradores e veranistas da praia, o sentimento de cidade e de fazerem para de um todo. A energia tem que mudar. Após vamos examinar todas as possibilidades, e se necessário for, na marra vou urbanizar Quintão, e prepará-la para crescer, se desenvolver e se emancipar. Quintão terá seu esplendor. Deixando a praia mais forte e autossuficiente as coisas se alinharão. Meu projeto é generoso para o Quintão, onde pretendo dar expediente no verão em tempo integral, e principalmente cuidar da infraestrutura. Queremos buscar no comércio, um parceiro valoroso para esquentar o verão e o inverno, e trazer um bem-estar há tempos que não é visto. Comigo Quintão deixará de estampar os noticiários estaduais como símbolo de abandono e descaso, para se transformar em um lugar gostoso de se viver. Darei dignidade para a nossa gente.

Como considera os servidores públicos, sem os quais não é possível administrar, e que relação pretende ter com eles?

De parceria, será a relação que terei com o funcionalismo. Seremos colegas de jornada. Quero desmistificar qualquer impressão que tenham a meu respeito e demonstrar que sozinhos fracassaremos. Que dependemos da força do funcionalismo público, e seu inteiro engajamento no projeto. Quero levantar o município, e o fazendo, quero que seus colaboradores públicos cresçam também. No meu governo o funcionalismo vai trabalhar muito, mas terá recompensas que nunca tiveram em outros governos. Principalmente com a ideia de substituição da maioria dos Cargos de Confiança por servidores de carreira, pelo binômio economia/conhecimento. Quero acabar com a politicagem barata de cooptação do funcionalismo, de um lado a base de horas-extras e benefícios aos apoiadores e de outro a perseguição e isolamento. No governo do Progressistas terá igualdade, e ninguém será perseguido.

Consideração final

Discursos políticos são muito repetitivos, os adversários criticam tudo e dizem que vão fazer muito, o governo de reeleição diz que está trabalhando, que fez muito e fará mais, e em ambos os quadros, a pintura é a mesma, senão, muita conversa fiada, nada de projeto, e puro propósito de iludir o povo. Regis e eu temos um interesse, estabelecer acima de tudo uma administração de primeira qualidade com o povo e falar a verdade, não prometer absurdos, somente que vamos nos dedicar ao máximo. Dizer que será construído, isso, aquilo, é conversa eleitoreira, e repudiamos isto. Quero estabelecer um canal direto com o povo e governar com o povo por ele próprio, sem promessas, se construções mirabolantes, mas sim, preparar o município, como um todo, para crescer.

JOGO RÁPIDO, resposta em uma frase ou palavra:

Uma qualidade: Ser sincero, falar a verdade sempre

Um defeito: Ser perfeccionista (Sofro muito com isso, nem sempre é possível)

Um sonho: Que todos meus descendentes estejam no dia do meu funeral

Um conselho: Use sempre, uma lanterna na popa e um poderoso holofote na proa, pois temos que iluminar o futuro com a experiência do passado

Um hobby: Andar a cavalo

Um livro: A Bíblia (Você pode nem acreditar em Deus, mas se seguir os preceitos bíblicos, viverá em harmonia)

Uma citação: Viva como se fosse morrer amanhã. Aprenda como se fosse viver para sempre. (Mahatma Gandhi)

Uma saudade: Meu Avô José Bueno Praça

Uma bebida: Coca-Cola

Uma comida: Ala Minuta

Maior desafio: Viver

Família: Meu real motivo de viver

Teu principal diferencial: Não sei, talvez seja o ímpeto

Eleições 2020

Confira como foi a votação dos vereadores de Capivari do Sul na Sede e nos Distritos

Henrique Pajares

Publicado

em

Passados 15 dias das eleições municipais, o Jornal Integração fez um levantamento da votação dos vereadores em cada localidade de Capivari do Sul: Sede, Santa Rosa e Rancho Velho. Na Sede, os vereador mais votado no geral, Manoel Dias, o Barriga, que somou 227 votos, venceu em quatro das oito urnas – seções 05, 14, 22 e 37. O atual presidente da Câmara, agora eleito vereador pela terceira vez, ficou para trás na seção 34, com Jésu Silva sendo o mais votado, e nas seções 46 e 39, na Escola Municipal Capivari, onde Renato Leal foi superior aos demais, e na seção 47, também vencida pelo candidato do Cidadania.

Ainda na Sede, os vereadores mais votados, que atingiram três casas numéricas, foram Barriga, Jésu Silva, Fabiano Tequinho, Elis Bueno, Renato Leal, Fabiana Costa, Josué Dutra, Cristina Bueno, Paulinho Construtor e Prof. Tati. Já nos Distritos de Santa Rosa e Rancho Velho, os candidatos locais levaram a melhor nas urnas. Na Santa Rosa, o postulante ao Legislativo mais votado foi Serafim de Lima, com 70 votos, seguido de Claudia Oliveira, com 66, e Bete Malta, com 45, todos moradores do Distrito. No Rancho Velho, a candidata e Professora Neli levou 39 cliques na urna, seguida de Joel Vargas, com 18, e Josiane de Lima, com 15.

Veja abaixo a relação completa.

Sede
Barriga (PDT) – 215
Renato Leal (Cidadania) – 189
Jésu Silva (PP) – 186
Fabiano Tequinho (PDT) – 176
Elis Bueno (PSDB) – 161
Fabiana Costa (PDT) – 135
Josué Dutra (PSDB) – 112
Cristina Bueno (PDT) – 105
Paulinho Construtor (PDT) – 105
Prof. Tati (Cidadania) – 104
Geovane Silveira (PDT) – 97
Gilnei da Aviação (Cidadania) – 84
Roberto Camargo (PDT) – 81
Joel Vargas (PP) – 67
Maninho do Balaio (Cidadania) – 58
Artigas do Banco (PDT) – 60
Ronaldo Bitencourt (Cidadania) – 49
Magrão do Guincho (Cidadania) – 26
Roberto Costa (PP) – 25
Denir do Formoso (Cidadania) – 23
Arlindo Teixeira (PSDB) – 22
Serafim de Lima (PDT) -20
Claudia Oliveira (PSDB) – 18
Rose Costa (PSDB) – 17
Prof. Neli (PDT) – 16
Josi Racho Velho (Cidadania) – 12
Nega Jaque (Cidadania) – 10
Noeci Vicente (PP) – 06
Lisete Mutti (PP) – 04
Bete Malta (PSDB) – 02

Santa Rosa
Serafim de Lima (PDT) – 70
Claudia Oliveira (PSDB) – 66
Bete Malta (PSDB) – 45
Cristina Bueno (PDT) – 24
Jésu Silva (PP) – 21
Roberto Camargo (PDT) – 20
Lisete Mutti (PP) – 18
Joel Vargas (PP) – 16
Geovane Silveira (PDT) – 15
Prof. Tati (Cidadania) – 13
Fabiana Costa (PDT) – 12
Elis Bueno (PSDB) – 11
Barriga (PDT) – 09
Arlindo Teixeira (PSDB) – 08
Ronaldo Bitencourt (Cidadania) – 08
Josué Dutra (PSDB) – 07
Fabiano Tequinho (PDT) – 07
Renato Leal (Cidadania) – 07
Maninho do Balaio (Cidadania) – 05
Gilnei da Aviação (Cidadania) – 04
Roberto Costa (PP) – 02
Artigas do Banco (PDT) – 01
Denir do Formoso (Cidadania) – 01
Magrão do Guincho (Cidadania) – 01
Paulinho Construtor (PDT) – 01
Prof. Neli (PDT) – 01

Rancho Velho
Prof. Neli (PDT) – 39
Joel Vargas (PP) – 18
Josi Rancho Velho (Cidadania) – 15
Jésu Silva (PP) – 08
Elis Bueno (PSDB) – 07
Geovane Silveira (PDT) – 06
Roberto Camargo (PDT) – 06
Lisete Mutti (PP) – 04
Fabiano Tequinho (PDT) – 04
Barriga (PDT) – 03
Renato Leal (Cidadania) – 03
Magrão do Guincho (Cidadania) – 03
Fabiana Costa (PDT) – 02
Gilnei da Aviação (Cidadania) – 02
Serafim de Lima (PDT) – 01
Paulinho Construtor (PDT) – 01
Artigas do Banco (PDT) – 01
Maninho do Balaio (Cidadania) – 01
Bete Malta (PSDB) – 01
Josué Dutra (PSDB) – 01

Continue lendo

Eleições 2020

Mais de 50% da Câmara de Capivari do Sul é renovada

Henrique Pajares

Publicado

em

Em Capivari do Sul, a próxima legislatura da Câmara Municipal terá novos nomes na bancada. Dos nove vereadores, cinco (55,55%) irão ocupar o cargo pela primeira vez: Jésu Silva (PP), Fabiano Tequinho (PDT), Cristina Bueno (PDT), Geovane Silveira (PDT) e Tati Kestering (Cidadania).

Entre os vereadores que conseguiram se manter no Legislativo, está o mais votado, Barriga (PDT), Renato Leal (Cidadania), o terceiro mais votado, Fabiana Costa (PDT) e Elis Bueno (PSDB). Sandra Cardoso (PDT), atual vereadora, concorreu a vice-prefeita ao lado de Leandro Monteiro, onde obteve êxito. Os atuais edis que não irão para a próxima gestão são Josué Dutra (PSDB), Roberto Camargo (PDT) e Paulinho Construtor (PDT).

Confira abaixo o resultado completo.

Eleitos
Barriga (PDT) – 227
Jésu Silva (PP) – 215
Renato Leal (Cidadania) – 199
Fabiano Tequinho (PDT) – 183
Elis Bueno (PSDB) – 179
Fabiana Costa (PDT) – 149
Cristina Bueno (PDT) – 129
Geovane Silveira (PDT) – 118
Prof. Tati (Cidadania) – 117

Suplentes
Josué Dutra (PSDB) – 120
Roberto Camargo (PDT) – 107
Paulinho Construtor (PDT) – 107
Joel Vargas (PP) – 101
Serafim de Lima (PDT) – 91
Gilnei da Aviação (Cidadania) – 90
Claudia Oliveira (PSDB) – 84
Maninho do Balaio (Cidadania) – 64
Artigas do Banco (PDT) – 62
Ronaldo Bitencourt (Cidadania) – 57
Prof. Neli (PDT) – 56
Bete Malta (PSDB) – 48
Magrão do Guincho (Cidadania) – 30
Arlindo Teixeira (PSDB) – 30
Roberto Costa (PP) – 27
Lisete Mutti (PP) – 26
Deni do Formoso (Cidadania) – 24
Rose Costa (PSDB) – 17
Nega Jaque (Cidadania) – 10
Noeci Vicente (PP) – 06

Continue lendo

Eleições 2020

Apenas dois vereadores conseguem a reeleição em Palmares do Sul

Henrique Pajares

Publicado

em

O Legislativo de Palmares do Sul terá uma nova bancada de vereadores na próxima legislatura. Isso por que apenas dois dos atuais vereadores conseguiram a reeleição: o presidente Polon Oliveira (PDT) e Vania Moraes (MDB). Os outros seis colegas na Câmara Municipal (Roberta Lang não concorreu a reeleição) não conseguiram obter êxito nas urnas.

Apesar de haver uma grande mudança nas cadeiras do Legislativo, alguns nomes eleitos são bem conhecidos e já ocuparam em outras oportunidades um espaço na Câmara, como é caso de Nenê Gil, o mais votado desta eleição, Manuel Antunes Neto, o Maneca, e Jair Noca. Os novatos da vez são Filipe Lang, Cleusa Terra, Murilo Pereira e Elizeu Monteiro.

Entre os atuais edis que não conseguiram se manter na Câmara estão Eduardo Alves, Juliana Ortiz, Adrião Velho, Adelar Araújo e Ademar Terra. Ademar, que foi o mais votado da última eleição com 469 votos, computou apenas 81. Outro nome que teve desempenho muito abaixo comparado a eleição de 2016 foi Eduardo Alves. Quatro anos atrás o vereador do Cidadania havia feito 344 votos, e nesta somou apenas 27.

Confira abaixo a lista da votação para o cargo de vereador.

Eleitos
Nenê Gil (PDT) – 441
Filipe Lang (PT) – 404
Vania Moraes (MDB) – 311
Cleusa Terra (MDB) – 286
Maneca (Cidadania) – 267
Elizeu Monteiro (PDT) – 250
Murilo Pereira (PP) – 220
Polon Oliveira (PDT) – 209
Jair Noca (MDB) – 188

Suplentes
Coruja (PDT) – 203
Roberto Barbeira (PDT) – 202
Marcão Ventura (MDB) – 169
Adrião Velho (PDT) – 168
Pique (MDB) – 163
Edilson Zanini (MDB) – 161
Debora da Agropecuaria (MDB) – 161
Graciane Greice (PT) – 160
Juliana Ortiz (PDT) – 148
Prof. Carmem Marco (PP) – 134
Marcio Silva (PP) – 122
Val Machado (PDT) – 109
Jose Adriel Pipoca (PT) – 109
Nestor Dartora (Cidadania) – 99
Ademar Terra (PDT) – 81
Willian Gabiru (MDB) – 75
ITA (PDT) – 68
Marleninha (MDB) – 60
Rodrigo Fagundes (PDT) – 56
Davizinho (PP) – 55
Deise da Ótica (PT) – 50
Adriana Mesquita (PDT) – 57
Andradina Braga (PDT) – 46
Adelar Araújo Xiru (PT) – 46
Xandinha (MDB) – 45
Ivanir Marques (PP) – 44
Eroni (PDT) – 41
Marcelo da Silveira (PT) – 41
Angele Vieira (Cidadania) – 41
Alexandre Baumart (Cidadania) – 41
Decio Junior (PT) – 37
Benataur (Cidadania) – 31
Marcelo Alemão dos Produtos (PT) – 28
Edson (PT) – 27
Eduardo Ratinho (Cidadania) – 27
Lenara Silva (Cidadania) – 25
Jair Oliveira (PP) – 25
Paulinho Machado (MDB) – 21
Aline Andrade (PP) – 21
Dorli (PT) – 20
Jorge Moreira (PP) – 16
Aline Brum (PT) – 16
Gilda (PT) – 12
João Pedro (Cidadania) – 10
Juliana Camargo (Cidadania) – 10

Não eleitos
Cusco Pereira (PTB) – 158
Professor Rogerio (PTB) – 145
Nestor Krupp (PTB) – 103
Sargento Fraga (PSL) – 76
Laura Gil (PTB) – 69
Douglas Goulart (Patriota) – 66
Jady (Patriota) – 46
Joice Corleta (Patriota) – 46
Karenine Veterinária (Patriota) – 43
Cleiton Motta (Patriota) – 41
Paim (PTB) – 37
Bruno Pachá (PSL) – 25
Evanir do Brechó (PSL) – 21
Elder Vasques (Patriota) – 15
Alex Massoni (PSL) – 15
Sandra Sobroza (PSL) – 11
Cely (PTB) – 7
Angico (PSL) – 1

Continue lendo

EM ALTA



Copyright © 2020 Jornal Integração. Desenvolvido por BLOOPER.