Conecte com a gente!

Litoral

Mesmo sob bandeira vermelha, onze municípios do Litoral podem adotar protocolos de classificação laranja

Sem registro de hospitalização e óbito por Covid-19 de algum morador nos últimos 14 dias, cidades poderão adotar medidas mais brandas

Henrique Pajares

Publicado

em

Além das quatro regiões que já estavam na bandeira vermelha, a atualização do mapa do Distanciamento Controlado, divulgado no fim desta sexta-feira, 26, apontou piora nos indicadores em outras cinco regiões: Caxias do Sul, Erechim, Palmeira das Missões, Passo Fundo e Santo Ângelo. Somadas a Porto Alegre, Capão da Canoa, Novo Hamburgo e Canoas, o Estado tem, portanto, nove regiões na bandeira vermelha na rodada preliminar do modelo.

Somente as regiões de Taquara e Bagé se encontram em bandeira amarela (risco baixo). As regiões de Santa Maria, Uruguaiana, Cruz Alta, Ijuí, Santa Rosa, Pelotas, Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul e Lajeado estão em bandeira laranja (risco médio). A região de Santa Rosa, que se encontrava em bandeira amarela, passou para laranja nesta rodada.

As regiões de Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo e Capão da Canoa permanecem em bandeira vermelha pela segunda semana consecutiva. A região de Caxias do Sul, que esteve em bandeira vermelha na semana retrasada e em laranja na semana que se encerra, retorna à bandeira vermelha.

Assim, as cinco regiões devem seguir a regra que diz que, se fossem classificadas na bandeira final vermelha por dois períodos consecutivos ou alternados dentro do prazo de 21 dias, só poderão ser reclassificadas para bandeira menos restritiva depois de preencherem os requisitos por, pelo menos, dois períodos consecutivos de mensuração.

Litoral Norte

O Decreto 55.322 permite que municípios sob bandeira vermelha sem registro de hospitalização e óbito por Covid-19 de algum morador nos últimos 14 dias e que mantenham rigorosamente atualizados os registros nos sistemas oficiais poderão adotar, por meio de regulamento próprio, protocolos para as atividades previstas na bandeira laranja. No Litoral Norte, 11 dos 23 municípios se encaixam nesta situação: Arroio do Sal, Balneário Pinhal, Capivari do Sul, Dom Pedro de Alcântara, Itati, Mampituba, Morrinhos do Sul, Mostardas, Palmares do Sul, Tavares e Três Forquilhas.

No mapa preliminar da 8ª semana, de um total de 301 municípios abrangidos pela bandeira vermelha, 186 poderão adotar protocolos previsto na classificação laranja.

Litoral

Brigada Militar no Litoral Norte divulga balanço de ações durante ano novo

Henrique Pajares

Publicado

em

O Comando Regional de Polícia Ostensiva do Litoral (CRPO Litoral) divulgou nesta segunda-feira (04/01), balanço das ações da Brigada Militar durante o feriadão do ano novo, nas praias e cidades do Litoral Norte, onde acontece a Operação Golfinho.

No período de 30 de dezembro/2020 a 03 de janeiro/2021 foram abordadas 4.434 pessoas, realizadas 93 prisões, fiscalizados 155 casos de perturbação de sossego público e prestado apoio a agentes municipais de fiscalização em 88 denúncias de aglomerações. Ainda foram fiscalizados 2.669 veículos e autuados 232 deles por irregularidades.

Conforme o comandante do CRPO Litoral, coronel Marcel Vieira Nery, a Brigada Militar pautou suas ações em dois eixos: preventivo e repressão qualificada. “No eixo preventivo, nas praias de maior circulação de pessoas, a Corporação intensificou ações visando ao cumprimento de normas do distanciamento controlado, conjuntamente com as prefeituras, envolvendo a participação das Guardas Municipais, e com a Polícia Civil”, explicou o oficial.

Já sob o aspecto da repressão qualificada, ocorreram a Operação Boas Vindas, com a utilização de cães de faro em terminais rodoviários; Operação Sossego, buscando coibir a utilização de equipamentos sonoros em locais e horários inadequados; e a Operação Avante Força Total 24 Horas, que inclui barreiras policiais em zonas identificadas com maior número de ocorrências e foco na apreensão de armas e captura de foragidos.

O coronel Marcel destaca que durante o feriadão, “a participação do Batalhão de Aviação da BM e o Serviço de Inteligência da Corporação foi fundamental para o planejamento e a execução das ações de polícia ostensiva levadas a efeito”.

Na temporada de verão, a Brigada Militar segue intensificando as ações de segurança pública na Operação Golfinho, caracterizada como a maior mobilização institucional da Corporação, que concentra aporte de recursos humanos e materiais na orla gaúcha.

Continue lendo

Litoral

Municípios do Litoral recebem primeira parcela da Operação RS Verão Total 2021

Henrique Pajares

Publicado

em

O governo do Estado pagou, na terça-feira (24/11), a primeira parcela da Operação RS Verão Total 2021, no valor de R$ 1,8 milhão, previsto na Portaria da Secretaria da Saúde 728/2020. Municípios da Serra, Fronteira e Litoral recebem neste primeiro repasse o equivalente a 50% do valor total, referentes a incentivos nas áreas de vigilância em saúde e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Em Palmares do Sul, o município irá receber R$ 11.330,00 para ações de vigilância em saúde e R$ 40.932,00 para o Samu.

A Operação RS Verão Total destina recursos aos municípios e entidades hospitalares que recebem aumento do fluxo de turistas e da circulação de pessoas na temporada de verão, para dar um aporte aos serviços de saúde que atendem por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

A segunda parcela, que será quitada ainda em 2020, incluirá os incentivos à urgência e emergência hospitalar que funcionam como porta de entrada nos municípios de Capão da Canoa, Osório, Rio Grande, Santo Antônio da Patrulha, Torres e Tramandaí. O valor total que será repassado para esta temporada (2020-2021) será de R$ 5,9 milhões.

Continue lendo

Capivari do Sul

Boa parte de Capivari do Sul ficará sem luz nesta quarta-feira

Henrique Pajares

Publicado

em

A Companhia Estadual de Energia Elétrica – CEEE emitiu um aviso de desligamento programado para esta quarta-feira (18) em Capivari do Sul. Boa parte da cidade ficará sem luz a partir das 06h da manhã até às 14h. O motivo é a substituição de postes. Confira abaixo as ruas e avenidas que ficarão sem o fornecimento de energia elétrica neste período.

AV ADRIÃO MONTEIRO – Nº 243 ao 2365
AV ANA PACHECO – Nº 18 ao 1150
AV BRASIL – Nº 70 ao 1300
AV INGLATERRA – Nº 18 ao 198
AV PORTUGAL – Nº 77 ao 693
PRC CAPIVARI – Nº 120
RUA ALEMANHA – Nº 2 ao 611
RUA ANDARAÍ – Nº 162 ao 257
RUA ARTHUR DE AGUIAR BOEIRA – Nº 51 ao 69
RUA ÁUSTRIA – Nº 5 ao 260
RUA BÉLGICA – Nº 5 ao 224
RUA BOM PRINCÍPIO – Nº 184 ao 200
RUA CANADÁ – Nº 30 ao 374
RUA CIDADE MENTANA – Nº 50
RUA CINCO DE JULHO – Nº 20 ao 333
RUA DAS FIGUEIRAS – Nº 145
RUA DINAMARCA – Nº 18 ao 271
RUA DO QUILOMBO URBANO – Nº 89 ao 791
RUA DORVAL DUTRA – Nº 365
RUA DR SERGIO DOS SANTOS PACHECO – Nº 2 ao 500
RUA ESCÓCIA – Nº 17 ao 200
RUA ESTADOS UNIDOS – Nº 35 ao 779
RUA FRANÇA – Nº 5 ao 600
RUA HOLANDA – Nº 5 ao 573
RUA IRLANDA – Nº 15 ao 301
RUA ITÁLIA – Nº 625 ao 922
RUA JOÃO BEM – Nº 81 ao 427
RUA JOSÉ FAUSTINO NUNES – Nº 50 ao 132
RUA NENE VIEIRA – Nº 7 ao 450
RUA NORUEGA – Nº 6 ao 223
RUA PEDRO FAUSTINO NUNES – Nº 131 ao 753
RUA POLÔNIA – Nº 5 ao 137
RUA PROF LUIZ TEIXEIRA – Nº 11 ao 870
RUA SUÉCIA – Nº 6 ao 137
RUA SUÍÇA – Nº 6 ao 601
RUA TIO DUDU – Nº 40 ao 576
RUA VINTE DE SETEMBRO – Nº 25 ao 376
RUA VINTE E DOIS DE OUTUBRO – Nº 146
RUA VINTE E NOVE DE MAIO – Nº 30 ao 300
RUA VOLME MALTA DE CAMPOS – Nº 49 ao 124
RUA VOVÔ FERNANDO PACHECO – Nº 11 ao 517

Continue lendo

EM ALTA



Copyright © 2020 Jornal Integração. Desenvolvido por BLOOPER.