Conecte com a gente!

Palmares do Sul

Palmares do Sul quis receber fábrica da Ford

Henrique Pajares

Publicado

em

Na segunda quinzena de novembro de 1997, o Jornal Integração publicou na página 6 da sua edição uma reportagem sobre o interesse de Palmares do Sul em receber o complexo automotivo da Ford. Na época, o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Paulo Odone Ribeiro, encaminhou ao governador Antônio Britto e ao secretário de Desenvolvimento Econômico e Assuntos Internacionais Nélson Proença, um documento elaborado pela prefeitura municipal com o interesse em receber a empresa. O deputado fez o encaminhamento depois de ter recebido em seu gabinete o prefeito de Palmares Luciano Bins e o vice João Tadeu Vasconcellos da Silva.

No ofício, os representantes do município informaram que estavam desenvolvendo um estudo detalhado sobre as vantagens que a cidade poderia oferecer a Ford. A análise estaria pronta na semana seguinte para apresentação ao governador do Estado, conforme informou o prefeito.

“Num primeiro momento, o município acha-se em condições de sediar a Ford em função da sua localização privilegiada, próxima a Porto Alegre e a um corredor natural de navegação, que é a Lagoa dos Patos. Oferece, por outro lado, um terreno de 600 hectares, a 18 metros acima do nível da Lagoa, com excelentes condições topográficas, geológicas e sem problemas de inundações, isenção do pagamento de tributos municipais por um período de 18 anos, além de infraestrutura pública e outras vantagens”, dizia a reportagem.

No fim, a Ford acabou não instalando sua fábrica no Rio Grande do Sul, gerando uma batalha judicial com o governo. No ano seguinte, em 1998, o governo Antônio Britto (PMDB) assinou com a Ford um contrato para instalação de uma fábrica de automóveis em Guaíba, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Também foi assinado financiamento com o Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul) disponibilizando para a empresa a quantia de R$ 210 milhões, com o objetivo de aportar os recursos necessários ao projeto. Pelo acordado, o dinheiro seria liberado aos poucos, mediante prestação de contas das etapas.

Após o pagamento da primeira parcela, de R$ 42 milhões, já no ano de 1999 e na gestão de Olívio Dutra (PT), a Ford se retirou do negócio alegando que o Estado estava em atraso no pagamento da segunda parcela e, também, motivos de ordem política com o novo governo que assumia. O Estado, no entanto, alegou à época que a empresa não estava cumprindo o acordo, além de não concordar com as cláusulas assinadas na gestão anterior. Com isso, a Ford acabou trocando o Rio Grande do Sul pela Bahia em um processo que envolveu, entre outras decisões, vantagens concedidas à empresa para se instalar em Camaçari.

Em fevereiro de 2000, o Estado do Rio Grande do Sul ajuizou uma ação contra a Ford, postulando o reconhecimento da nulidade de algumas cláusulas contratuais ou, sucessivamente, da inadimplência contratual da Ford.

Palmares do Sul

Covid-19: última semana de março encerra com números melhores em Palmares

Henrique Pajares

Publicado

em

A última semana do mês de março encerrou com números melhores em comparação com as três semanas anteriores em Palmares do Sul. Nesta sexta-feira, dia 26, o boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde informa que apenas 24 novos casos foram registrados entre a segunda-feira, 22, até a data de hoje. Apesar do baixo número de novos infectados, a semana registrou mais três óbitos, chegando a 26 desde o início da pandemia, registrados na quarta-feira, mesma data em que não foi computado nenhum novo caso, estatística rara nos últimos meses.

O boletim desta sexta informa ainda que 28 pessoas aguardam resultado de exame e outras seis estão hospitalizadas. Além da diminuição de novos casos, Palmares também viu cair os pacientes que estão com o vírus ativo, 108.

Neste mês de março, a primeira semana foi a de piores resultados. Nos sete primeiros dias foram notificados 161 novos casos, com 196 ativos no município. Veja abaixo como encerrou cada semana deste mês.

Semana 1 (01 à 05/03) – 161 novos casos / 196 ativos / 0 óbitos
Semana 2 (08 à 12/03) – 98 novos casos / 179 ativos / 4 óbitos
Semana 3 (15 à 19/03) – 54 novos casos / 163 ativos / 1 óbito
Semana 4 (22 à 26/03) – 24 novos casos / 108 ativos / 3 óbitos

Continue lendo

Palmares do Sul

Covid-19: Palmares inicia agendamento para vacinação de idosos entre 70 e 72 anos

Henrique Pajares

Publicado

em

Palmares do Sul inicia nesta sexta-feira, dia 26, o agendamento para a vacinação contra Covid-19 para idosos entre 70 e 72 anos. A vacinação desta faixa etária acontecerá a partir da próxima segunda, dia 29. A Secretaria de Saúde lembra que a vacinação ocorrerá somente por agendamento, para evitar aglomerações.

Os idosos, ou algum familiar ou amigo, devem ligar para o Posto de Saúde de sua localidade para agendar. Quem não possuir telefone, um representante pode ir até o Posto para fazer o agendamento em nome do idoso. A Secretaria ainda alerta que não serão feitas vacinas sem agendamento.

Telefone dos Postos de Saúde
Sede – 3668-3123
Granja Vargas – 3685-9110
Bacupari – 99500-6099
Frei Sebastião – 3668-8110
Quintão – 3680-2078 (caso houver dificuldade de contato com este número, ligar para 3668-1626)

Continue lendo

Palmares do Sul

Saúde de Palmares é contemplada com R$ 90 mil para o Posto de Quintão

Henrique Pajares

Publicado

em

Nesta semana, foi publicado no Diário Oficial da União a aprovação do repasse de R$ 5 milhões, oriundo da Assembleia Legislativa, dividido de forma igualitária aos 55 municípios com Pronto Atendimento municipal 24 horas, disponibilizado para atendimento no combate à Covid-19. A ação ocorre, através da Secretaria Estadual da Saúde, em função do crescimento do número de casos, buscando minimizar a sobrecarga dos hospitais.

Sendo assim, Palmares do Sul recebeu R$ 90.909,09 para o Posto de Saúde de Quintão.
“Somos gratos, primeiramente, ao presidente da Assembleia, deputado Gabriel Souza, pela preocupação com o atual quadro da pandemia no Estado. Agradecemos, através da Secretaria Municipal de Saúde, esta verba que chega num momento preocupante e que vai nos auxiliar muito nas ações de enfrentamento e de apoio aos atendimentos”, comentam o prefeito Mauricio Muniz e a secretária interina de Saúde, Juliana Gasso.

Continue lendo

EM ALTA



Copyright © 2020 Jornal Integração. Desenvolvido por BLOOPER.