Conecte com a gente!

Geral

Balneário Pinhal lança Projeto Remédios em Casa

Idosos maiores de 60 anos, doentes crônicos (asma/diabetes e hipertensão arterial), gestantes e pacientes com dificuldade de locomoção serão beneficiados

Henrique Pajares

Publicado

em

Fazendo parte das medidas de prevenção ao Covid-19, a Prefeitura Municipal de Balneário Pinhal, através da Secretaria de Saúde, fará a entrega de remédios a domicílio para os grupos de risco ao coronavírus, a partir de 1º de Julho.

Os pacientes que receberão os medicamentos são: idosos maiores de 60 anos, doentes crônicos (asma/diabetes e hipertensão arterial), gestantes e pacientes com dificuldade de locomoção.

Mais de 600 pessoas serão beneficiadas com o projeto, que entregará em casa os remédios de uso contínuo, que antes tinham de ser buscados na Farmácia Municipal.

Os interessados já podem fazer o cadastramento presencial na Farmácia Municipal, situada na Avenida Itália, 3074, de segunda a sexta feira, das 8h às 13h, ou pelo WhatsApp no número (51) 3682-2234 das 8h às 12 e das 14 às 17h.

É necessário, para o cadastramento, ter em mãos: a receita de uso contínuo, cartão do SUS, endereço e telefone atualizados.

As entregas serão feitas pelas equipes da Saúde com carros e motos, a partir de 1º de julho. A previsão é de 30 entregas por dia.

Os medicamentos de controle especial devem ser retirados na Farmácia, via agendamento, pois necessitam da retenção de receita, conforme estabelece a Portaria 344/98 do Ministério da Saúde. A equipe de Saúde do município já avalia outras possibilidades, para evitar que o beneficiário saia de casa para esse fim.

A partir de 1º de julho, a Farmácia Municipal passará a atender com horário marcado, evitando assim a aglomeração de pessoas no local.

“Poucos municípios nesse país contam com esse serviço, que necessita de ousadia para implantar, não só pelo desafio da logística, como pela capacidade de equipe para tanto. Mas buscamos a excelência na saúde, para que os grupos de risco tenham a proteção que necessitam nesse momento de pandemia”, pontua a prefeita Marcia Tedesco.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Antecipação da vacina de grupos prioritários será avaliada pelo Ministério da Saúde

Henrique Pajares

Publicado

em

Durante a assembleia virtual do Conselho Nacional de Secretários Estaduais da Saúde (Conass), realizada na quarta-feira (24/3), os gestores estaduais, inclusive a secretária da Saúde do Rio Grande do Sul, Arita Bergmann, se posicionaram pela avaliação da antecipação da vacinação de professores e de profissionais das forças de segurança.

O assunto será pautado na próxima segunda-feira (29/3) em reunião da Câmara Técnica do Ministério da Saúde, conforme foi acordado com a coordenadora do Plano Nacional de Imunizações (PNI), Francieli Fontana.

A secretária Arita disse que esta avaliação deverá levar em conta os critérios técnicos do PNI, que é elaborado com base em dados epidemiológicos. Ela informou que o colegiado de secretários considera que essa antecipação só poderá ser realizada depois que todos os idosos forem vacinados.

A antecipação da vacinação destes grupos já ocorreu em alguns Estados da federação, mesmo não estando liberada pelo PNI.

Continue lendo

Geral

Petrobras reduz preço de gasolina e diesel nas refinarias em R$ 0,11 por litro

Henrique Pajares

Publicado

em

A Petrobras vai reduzir em R$ 0,11 por litro o preço médio da gasolina e do diesel nas refinarias, a partir de quinta-feira (25). Trata-se do oitavo reajuste em 2021. Na última mudança, que entrou em vigor no sábado (20), houve queda de cerca de 5% no preço médio da gasolina.

Com a redução de cerca de 4%, o preço médio de gasolina da Petrobras nas refinarias será de R$ 2,59 por litro, enquanto o preço médio do diesel passará a ser de R$ 2,75 por litro, queda de 3,8%.
A redução dos combustíveis está ligada ao valor do dólar e do barril de petróleo, que caiu 7,3% na última semana.

No entanto, no ano, a gasolina ainda acumula alta de 40,8% e o diesel, de 36,1%.

O repasse dos reajustes nas refinarias aos consumidores finais nos postos não é garantido, e depende de uma série de questões, como margem da distribuição e revenda, impostos e adição obrigatória de etanol anidro.

Continue lendo

Geral

Fecomércio-RS pede a abertura do comércio aos fins de semana

Henrique Pajares

Publicado

em

Com a proximidade da Páscoa e diante da necessidade de aquisição de bens considerados não essenciais após sucessivas semanas de restrições, a Fecomércio-RS enviou ao governador Eduardo Leite novo pedido de ajuste das medidas de combate à Covid-19, para evitar a concentração de consumidores por conta da abertura do comércio apenas em dias e horários restritos. A entidade avisa que a redução da janela de abertura e proibição do comércio não essencial nos fins de semana podem levar a um número maior de clientes presentes simultaneamente nos estabelecimentos durante o seu funcionamento. Além disso, os consumidores que não podem realizar compras de segunda a sexta tendem a se concentrar no reduzido número de lojas que podem funcionar aos sábados e domingos.

Desta forma, pela experiência empresarial adquirida, a Fecomércio-RS alerta que, apesar de bem-intencionada, a restrição de abertura do comércio a horários reduzidos não tem o efeito esperado de diminuir a circulação e acaba por provocar maior concentração em um número menor de estabelecimentos, algo que vai contra as medidas indicadas para o combate do coronavírus. A entidade pede que o governador reconsidere a medida e reforça seu compromisso em estimular o cumprimento rígido de todos os protocolos de saúde nas empresas, que, como observado ao longo de 2020, limitam significativamente a transmissão do novo coronavírus.

Continue lendo

EM ALTA



Copyright © 2020 Jornal Integração. Desenvolvido por BLOOPER.