Conecte com a gente!

Colunista: Juliana Inácio

O planeta Júpiter

Publicado

em

Na astrologia, cada planeta tem um significado. O planeta Júpiter está relacionado à expansão e às bênçãos. Pela astrologia clássica, este planeta era o grande benéfico, então, onde temos Júpiter no mapa somos abençoados, protegidos e acreditamos que dias melhores virão. Inclusive, a fé também está relacionada a Júpiter, pois este planeta nos ensina a acreditarmos que somos merecedores das graças divinas.

Júpiter rege o signo de Sagitário e é o co-regente do signo de Peixes. Este planeta fica um ano em cada signo e demora em torno de doze anos para completar uma volta no zodíaco. Desta forma, a cada doze anos, temos um retorno de Júpiter, o qual nos traz alegria, confiança e, muitas vezes, prosperidade.

No signo em que temos Júpiter, temos benefícios e expansão quando estamos afinados com a característica essencial daquele signo. Por exemplo, quem tem Júpiter em Libra, tem encontros afortunados e é beneficiado pela vida quando adota uma postura cooperativa e não individualista, tais como as características do signo de Libra. Mas é justamente na casa do mapa astral onde está Júpiter que teremos mais bênçãos e proteções na nossa vida em particular. Quem tem Júpiter na casa 12, a casa natural de Júpiter, tem tanta proteção que o destino faz escolhas melhores do que a própria pessoa.

Atualmente, Júpiter está em Capricórnio, então a expansão ocorre lentamente e associada a muito esforço e a eliminação de desperdícios. Em dezembro de 2020, Júpiter sairá do austero signo de Capricórnio e entrará no gregário signo de Aquário. Quando Júpiter transita por Aquário temos bênçãos coletivas, solidárias e humanitárias. As pessoas que tem afinidade com o signo de Aquário devem aproveitar este momento tão especial que ocorre somente a cada doze anos.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Copyright © 2021 Jornal Integração.